Configuração do PuTTY

Olá tudo bem? Quando gerenciamos diversos servidores é normal utilizar um cliente ssh. O mais popular é o PuTTY. Deixo aqui algumas dicas para facilitar seu uso. Vamos lá?

Terminal -> Keyboard The Function keys and keypad:

Selecione a opção “Linux”. Isso vai permitir a utilização das teclas de função (F1 a F10).

Terminal -> Bell Set the stile of the bell:

Aqui podemos configurar como o PuTTY vai responder quando a “campainha tocar”:

  • None (bell disabled): Não faz nada.
  • Make default system sound: toca o som padrão do sistema.
  • Visual Bell (Flash Window): Faz com que a tela pisque ao invés de tocar algum som.
  • Beep using the PC Speaker: Reproduz o som pelo auto falante do Sistema.
  • Play a custom sound file: Permite selecionar um som para representar o toque da campainha. Nesse caso é necessário selecionar o toque no botão abaixo.

Connection->Data

Auto-login username:

Permite configurar um nome de usuário para ser enviado ao servidor. Evita a necessidade de ter que digitar sempre o nome de usuário e, se utilizado em conjunto com a autenticação por chave privada, permite automatizar completamente o processo de login.

print 4.1

Terminal-type string:

Permite informar o tipo de terminal utilizado para conexão. O padrão é “xterm”. Colocar como “Linux” resolve o problema do teclado numérico não funcionar dentro do vim.

print 3.1

Window

Lines of scrollback:

Define quantas linhas de texto serão armazenadas em cache para visualização.
Quando trabalhamos com longos arquivos de texto é bom que esse valor seja grande.

print 5.1

Com esas configurações o PuTTY fica bem melhor de se trabalhar. Até a próxima!

  • Claudinei

    Bom dia Bruno, olha fiz a configuração do Putty e ele acessa normalmente até no logim quando chega para digitar passoword o teclado não funciona. Eu uso o windos, você sabe mim dizer o que pode ser o problema?